Esgotado
Oferta

COMPOSTO COMBATE FIBROMIALGIA 90 DOSES

R$237,00 R$148,90

Descrição do produto

COMPOSIÇÃO:

ÁCIDO MÁLICO: O ciclo de Krebs é vital para a nossa existência e sem ele a produção de energia fica literalmente parada. Por isso, é essencial que tenha um fornecimento adequado de ácido málico, a fim de promover o funcionamento eficiente deste ciclo.

COENZIMA Q10: É um carregador essencial de elétrons na cadeia respiratória mitocondrial e um potente antioxidante. Baixos níveis de coenzima Q10 têm sido detectados em pacientes com fibromialgia. Em pacientes com fibromialgia têm sido observados sinais e sintomas associados à alteração muscular e disfunção mitocondrial, incluindo estresse oxidativo. Através de estudos, comprovaram que pacientes com fibromialgia apresentam altos níveis de marcadores de estresse oxidativo no plasma. Nestes, as concentrações de coenzima Q10 apresentam-se em torno de 40% menor nas células mononucleares do sangue.

MAGNÉSIO: Foram avaliados os níveis intracelulares de ATP e dos cátions divalentes essenciais cálcio e magnésio em plaquetas de pacientes com fibromialgia e de acordo com os resultados, menos ATP foi observado nas plaquetas dos pacientes com fibromialgia e uma maior concentração de cálcio em relação aos níveis de magnésio. Existe um desequilíbrio na homeostase da sinalização metabólica do ATP plaquetário e o fluxo de cálcio e magnésio pode ser relevante na fisiopatologia da doença.

ZINCO: Os níveis de zinco também se apresentam significativamente reduzidos em pacientes com fibromialgia.

RIBOSE: É um energizante natural. Trata-se de um açúcar com 5 carbonos, simples, encontrado naturalmente no organismo. Não é consumida pelo organismo como os outros açúcares (glicose, frutose, lactose). A ribose é produzida endogenamente via pentose-fosfato e estimula a cascata metabólica para a produção do ATP. Quando há deficiência de ribose na célula, esta não produz ATP. Nas doenças onde há estresse muscular, como a fibromialgia, o organismo não consegue sintetizar a ribose, tornando-a insuficiente

5HTP: Três estudos sugeriram que o 5-HTP pode melhorar os sintomas da fibromialgia, incluindo dor, ansiedade, rigidez matinal, e fadiga. Muitas pessoas com fibromialgia têm níveis baixos de serotonina, e os médicos geralmente prescrevem antidepressivos. O 5-HTP, assim como os antidepressivos, aumenta os níveis de serotonina no cérebro, que pode funcionar também. No entanto, ele não funciona para todas as pessoas com fibromialgia, e mais estudos são necessários para entender o seu efeito. Segundo o Dr. Jay Goldstein, diretor do Instituto da Síndrome da Fadiga Cronica nos Estados Unidos: “O ácido málico é seguro, barato e deve ser considerado em uma abordagem terapêutica válida para pacientes com fibromialgia e síndrome da fadiga crônica. Um estudo de 6 meses conduzido por cientistas do Departamento de Medicina da University of Texas Health Science Centre – EUA, examinou a eficácia de uma dosagem significativa de ácido málico e magnésio por dia, em 24 pacientes com fibromialgia. Metade dos pacientes receberam o tratamento, e outra metade apenas placebo. No final do estudo, todos os pacientes tratados com ácido málico e magnésio experimentaram melhoras significativas nos seus sintomas, incluindo menos dor, rigidez muscular, e perspectiva mental mais positiva, sem quaisquer efeitos colaterais. Dr. Russel que liderou a pesquisa de cientistas concluiu: “os dados sugerem que o ácido málico e magnésio são seguros e podem ser benéficos no tratamento de pacientes com fibromialgia.

 

Modo de usar: Tomar Uma Dose Três Vezes Ao Dia.

Informações Nutricionais Composto Combate FibromialgiaInformações Nutricionais Composto Combate Fibromialgia Quantidade por dose Ácido Málico 150mg Magnésio Quelado 150mg Zinco Quelado 15mg Coenzima Q10 300mg 5htp