Esgotado
Oferta

ALCACHOFRA 250MG 60 CÁPSULAS

R$32,00 R$24,00

Descrição do produto

ALCACHOFRA

ALCHACHOFRA: NADA MAIS É QUE UMA PLANTA ONDE AS FOLHAS, O CAULE, E AS RAÍZES SÃO UTILIZADAS PARA FAZER “EXTRATOS”, OS QUAIS POSSUEM ALTA CONCENTRAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ENCONTRADAS NA COMPOSIÇÃO DA PLANTA. ESSES EXTRATOS PODEM SER UTILIZADOS COM FINALIDADE MEDICINAL.

PARA QUE SERVE A ALCACHOFRA?

A planta pode auxiliar no estímulo ao fluxo de bílis do fígado, e ainda há indícios de que ela pode auxiliar na redução de sintomas e mal estar, como azias e queimações. Afirma-se que a alcachofra pode reduzir sintomas comuns de “ressacas” pós consumo de bebidas alcoólicas, também. A sua funcionalidade também pode se estender à redução de colesterol elevado, síndrome de intestino irritável, problemas renais, retenção de líquidos, anemia, infecções de bexiga, artrite e problemas hepáticos.
Algumas culturas locais utilizam a alcachofra para o tratamento de picadas de cobras, no tratamento e prevenção de cálculos biliares, redução de pressão arterial, redução dos níveis de açúcar na corrente sanguínea, além de ser utilizada como estímulo para o aumento de fluxo de urina, como tônico ou estimulante.As folhas da alcachofra e os extratos podem ser utilizados no preparo de bebidas, assim adicionando um sabor singular. Podemos encontrar substâncias químicas como a Cinarina e o ácido clorogênico na alcachofra, os quais são frequentemente utilizados como adoçantes.Ressalta-se para não confundirmos a alcachofra com a Helianthus tuberosus.Como já dito, de uma forma geral, a alcachofra possui produtos químicos que podem reduzir náuseas, vômitos, espasmos e gases intestinais, o que contribui para o funcionamento regular e equilíbrio do sistema digestivo de um modo geral.

BENEFÍCIOS

Colesterol alto Ao consumir o extrato de alcachofra, afirma-se que ela contribui para a redução significativamente de lipoproteína total e de baixa densidade, sendo estes o LDL ou mau colesterol, e a lipoproteína LDL-alta densidade ou HDL, bom colesterol. Recomenda-se o tratamento de 6 a 12 semanas, podendo serem notados os efeitos positivos a partir da sexta semana.Indigestão Afirma-se que o extrato das folhas de alcachofra pode reduzir sintomas como náuseas, vômitos, flatulências e dores na região abdominal. A previsão de início de efeito na redução desses sintomas é após a segunda semana de tratamento. Destaca-se o período de 8 semanas como referência para interromper o tratamento.

ALCACHOFRA EMAGRECE?

A alcachofra é muito conhecida pela sua popularidade no processo de emagrecimento, mas será mesmo que ela pode auxiliar na perda dos quilinhos a mais? Bom, podemos reconhecer que a alcachofra emagrece, por não contribuir com calorias extras em uma dieta, além de possuir alta contribuição de fibras, as quais podem reduzir o apetite e reduzir a compulsão alimentar, um dos fatores responsáveis pelas pessoas permanecerem acima do peso.
Não podemos afirmar que a alcachofra emagrece agindo sozinha, mas sim de forma indireta, já que reduz desconfortos e favorece o sistema digestivo. A dieta equilibrada e rica em alimentos saudáveis é fundamental para a obtenção de resultados. Não devemos esquecer também dos exercícios físicos, os quais contribuem para a queima das calorias ingeridas e também para o funcionamento do metabolismo. O consumo de alcachofra uma vez por dia já pode auxiliar no emagrecimento, se aliado à alimentação equilibrada, como saladas e legumes cozidos.

EFEITOS COLATERAIS

O consumo regular de alcachofra é apontado como seguro se ingerido junto à alimentação equilibrada e saudável.
O período utilizado como referência para a garantia de segurança é de 23 meses, por isso, não é recomendado adotar a ingestão regular de alcachofra por períodos maiores que 23 meses. Devemos ressaltar que, assim como qualquer alimentação, o equilíbrio sempre deve ser priorizado, por isso, nada de excessos, dessa forma você poderá usufruir apenas dos aspectos possivelmente positivos que as folhas e extratos podem oferecer à sua saúde.
Os efeitos colaterais podem ser relativos de acordo com as particularidades de cada pessoa, mas é dito que a planta pode causar alguns efeitos como gases intestinais e reações alérgicas. As pessoas que possuem maior risco de reações alérgicas são aquelas que possuem alergia a plantas como mal-me-quer, margaridas e outras ervas semelhantes.
Não há informações suficientes sobre a segurança do consumo de alcachofra durante a gestação e no período de amamentação, por isso, é fundamental que você evite o uso, assim garantindo a sua saúde e de seu bebê.